Grande parte das orquídeas se adaptam facilmente em vasos de barro ou plástico desde que sejam de tamanhos compatíveis com a planta. Segue abaixo um informativo de como plantar orquídeas dicas.

Pegue um caso de barro ou plástico que possua uma quantidade ou tamanho de furos que possibilitem a escoação da água de forma rápida.

Coloque uma camada de pedra ou cacos de telhas e tijolos no fundo do vaso (camada de aproximadamente dois dedos).

Complete o vaso com substratos próprios para orquídeas ou xaxim (compre somente o xaxim legalizado). Jamais utilize pó de xaxim ou terra.

É importante observar de a orquídea plantada progride na horizontal soltando um broto na frente do outro, pois sendo assim, a planta deverá ser encostada na lateral do vaso com a frente direcionada para o meio do vaso.

Enterre somente a raiz da planta deixando o rizoma ou brotos totalmente descobertos.

 

 

Para fixar a orquídea utilize uma estaca que pode ser de bambu, plástico ou alumínio. Os espetinhos de churrasco são ótimos e podem ser encontrados facilmente.

Para amarrar a planta na estaca utilize fios de cobre encapado ou fios de ráfia prendendo somente os bulbos (caules) mais antigos devido ao fato de serem mais fortes.

Algumas orquídeas não se adaptam em vasos, por isso é necessário conhecer um pouco a espécie, mas obviamente se a orquídea já estava plantada em um vaso ela poderá ser replantada em outro.

Com relação as orquídeas que não se adaptam em vasos o ideal é amarrá-las em troncos de árvores, casca de peroba, palitos de xaxim ou de fibra de coco, protegendo a raiz com um plástico transparente até a adaptação da planta ou enraizamento.