A inclusão da gelatina no cardápio de uma dieta é uma excelente opção para que o praticante não sinta falta de comer doces ou outras guloseimas que podem acabar com uma dieta. Confira adiante algumas informações sobre a dieta da gelatinacomo fazer.

A gelatina é uma deliciosa sobremesa e pode auxiliar em um emagrecimento saudável e em curto prazo. Na gelatina há uma boa quantidade de colágeno que produz um excelente efeito contra a flacidez enrijecendo a pele e até mesmo as unhas.

Além disso, a gelatina possui 0 % de gorduras e colesterol e pouquíssimo carboidrato (algumas marcas possuem zero de carboidrato) e uma rica quantidade de proteínas, que por sua vez auxiliam na renovação celular que fortalecerá e tonificará a musculatura do corpo quando aliada à pratica de alguma atividade física.

Confira o exemplo de um cardápio utilizado na dieta da gelatina:

Café da manhã – um sanduiche de peito de peru com alface e pão de forma e requeijão light, uma fatia de melancia, um copo de suco de laranja ou uma xícara de café com adoçante.

Lanche da manhã – um copo de gelatina light.

Meia hora antes do almoço – um copo de chá verde.

Almoço – duas colheres de arroz integral, um filé de peixe ou frango grelhado sem óleo e salada de folhas à vontade.

Lanche da tarde – um copo de gelatina light.

Meia hora antes do jantar – um copo de chá verde.

Jantar – uma sopa de legumes com bastante caldo ou salada de folhas e tomate.

Ceia – um copo de chá verde ou um copo de gelatina light.

 

 

Antes de iniciar uma dieta um médico ou nutricionista deverá der consultado.

Durante a dieta é recomendado ingerir bastante água.