Confira mais um resumo de gramáticapronomes.

Os pronomes são palavras que substituem ou acompanham os substantivos. Quando substituem são chamados de pronomes substantivos e, quando acompanham, de pronomes adjetivos.

Os pronomes podem ser classificados como: pessoais, de tratamento, demonstrativos, possessivos, indefinidos, interrogativos e relativos.

Pessoais – indicam as três classes gramaticais (eu/nós, tu/vós, ele/eles) e de acordo com a função que exercem na oração podem ser classificados como retos e oblíquos.

Os retos têm a função de representar o sujeito e os oblíquos têm a função de representar o complemento do verbo.

De tratamento – usados para nos dirigir ou nos referir a alguém. Indicam um grau de formalidade (equivale a pronomes pessoais).

Demonstrativos – mostram objetos e seres sem nomeá-los, situando-os no tempo e no espaço ou identificando-os.

Os pronomes demonstrativos de tempo e espaço são: este, esse, aquele (flexionados em número e gênero também ex. estes, esta, isto…).

 

 

Possessivos – trazem a ideia de posse qualificando e indicando a pessoa possuidora (meu, teu, sua). Concordam em gênero e número com o substantivo que indica o objeto possuído e com o possuidor (ex. meu/minha/minhas, teu/tua/tuas…).

Indefinidos – referem-se à 3º pessoa do discurso quando mencionada de modo vago ou impreciso, podendo representar pessoas, coisas e lugares (algum, alguns, alguém, pouco, pouca, poucas, nada, certo certa, casa, algo, quanta, várias, qualquer, quaisquer etc).

Interrogativos – são utilizados para formular uma pergunta direita ou indireta. São eles: que, quem, qual e quanto. Apenas que e quem são invariáveis.

Relativos – referem-se a um substantivo anterior a eles, substituindo-os na oração seguinte.