A informática para concursos é uma matéria um pouco complexa, pois a maioria das pessoas aprender a lidar com os computadores de forma prática, com poucas teorias.

Entretanto, como a informática vem sendo muito cobrada em nos concursos públicos, vale a pena se aprofundar sobre o tema.

O primeiro passo é ter sempre em mãos um material de estudo atualizado, pois a informática inova com muita rapidez.

Entretanto, os conceitos básicos que devem ser “decorados” pelos candidatos dificilmente serão alterados.

Um material básico de estudo deve conter as seguintes matérias: conhecimentos básicos em informática, hardware, software, sistemas operacionais de computadores, aplicativos e programas úteis, redes de computadores, internet e intranet, antivírus, arquivos, armazenamento de dados e segurança da informação e backup.

 

 

A história do computador não é um tema freqüente de provas, mas é sempre bom saber. Os modelos dos computadores atuais surgiram na II Guerra Mundial, eles faziam uma espécie de criptografia de comunicação de guerra. Após a Guerra surgiu o computador chamado de Eniac, um dos primeiros computadores que utilizava o sistema de processamento parecido com os atuais, mas em um tamanho muito maior.

Vale a pena memorizar todas as informações teóricas sobre os computadores, pois com o tempo pode se tornar fácil e agradável estudar informática.

Algumas técnicas de memorização podem ajudar. Por exemplo: hardware é o que pode ser tocado (impressora, monitor, teclado, mouse etc); software é tudo aquilo que não pode ser tocado, porém sabemos que existe (sistema Windows, Linux, antivírus, Word etc.