Assim como diversos cursos de formação de nível superior, no curso de direito, o aluno tem que formular um trabalho de conclusão de curso ou monografia para a colação de grau. Confira algumas dicas básicas sobre Monografias de Direito – dicas, como fazer.

Alguns alunos entendem que a apresentação da monografia é uma mera exigência que algumas faculdades fazem para a conclusão do curso, mas não é bem assim.

Uma boa monografia pode trazer grandes oportunidades ao aluno para que ele possa desenvolver uma tese científica sobre a matéria e até mesmo utilizá-la como base em um futuro curso de mestrado ou doutorado.

As faculdades de Direito costumam a publicar as melhores monografias de seus alunos e isso pode gerar certo apreço aos que se destacarem através da publicação do trabalho de concussão de curso, trazendo boas recomendações que irão colaborar muito na vida do profissional após sua formação.

Ao iniciar o curso de direito, após o primeiro ano, o aluno já deve começar a se preocupar com o tema de sua monografia. Pode parecer precoce, mas não é, escolher um tema é algo complicado e que pode demorar.

 

 

Para facilitar a elaboração do trabalho o aluno deve escolher um tema que versa sobre uma matéria que lhe desperta bastante interesse, isso fará com que a elaboração da monografia seja prazerosa e menos desgastante.

Assim que o tema for definido é muito importante começar a montar um arquivo com trechos de livros, artigos e aulas que se refere sobre o tema da monografia, isso fará com que ao final do curso o aluno já esteja com seu trabalho pré-elaborado.

Muitos acabam deixando tudo para o último ano de faculdade, e isso não é aconselhável devido ao fato de que o aluno do curso de direito deve se dedicar muito para o exame da Ordem dos Advogados do Brasil que é o primeiro passo da vida profissional do acadêmico de direito.