Dentre os diversos cargos disponíveis na Policia Civil, um deles é o de Papiloscopista. Entretanto, muitos não sabem qual é a função desempenhada pelos profissionais desta área. Confira logo abaixo algumas informações sobre o que faz o papiloscopistaPolicia Civil.

O papiloscopista da policia civil é o responsável pela identificação humana. Geralmente, os seres humanos são identificados através dos desenhos papilares presentes nos dedos.

Através da coleta dos vestígios papiloscópicos deixados os locais dos crimes, o papiloscopista consegue identificar e chegar até os possíveis criminosos.

Além disso, através do trabalho desenvolvido pelo papiloscopista policial, também é possível identificar pessoas mortas e até mesmo em processo de decomposição.

Os papiloscopistas podem desenvolver seus trabalhos em duas áreas, interna e externa.

O trabalho externo é sempre realizado no local do crime, através da colheitas de impressões digitais e demais vestígios possíveis.

 

 

Já o trabalho interno geralmente é desenvolvido nos institutos de identificação, nos laboratórios de papiloscopia.

Os institutos de identificação também são responsáveis por elaborar documentos de identificação.

Dentre as atribuições mais comuns no dia-dia do policial papiloscopista podemos citar:

A realização de confrontos papiloscópicos nos documentos ou fragmentos de impressões digitais;

realizar a identificação de cadáveres humanos;

realizar a representação Facial Humana tais como retratos falados;

simular a  projeção de envelhecimento facial em casos de desaparecidos para facilitar as buscas;

realizar diligências policiais e participar de operações policiais sempre que requisitado pela autoridade competente.

Em síntese, a identificação pessoal é o que faz o papiloscopista policial.