Confira no resumo abaixo alguns esclarecimentos sobre verbo, conjugações e flexões:

O verbo é a palavra que indica uma ação, estado, passagem de um estado para outro ou um fenômeno natural.

Os verbos devem ser flexionados em tempo, modo, pessoa, número e voz.

São três as conjugações:

Verbos terminados em ar (amar, gritar, nadar…)

Verbos terminados em er (comer, perder, fazer…). Aqui, incluem-se os derivados do verbo pôr (compor, repor, dispor…)

Verbos terminados em ir (cair, fugir, abrir…).

Flexão do verbo em pessoa – o verbo deve flexionar-se com a pessoa ou sujeito e concordar com ele (eu gosto, tu gostas, eles gostam).

Flexão de número – singular e plural de acordo com o sujeito (eu sou feliz, nós somos feliz).

Flexão de modo.

Indica o modo como o fato é expresso pelo falante. São três os modos verbais:

Modo indicativo – indica a certeza de um fato (Hoje está quente, ele pediu nossa…) no passado, presente e futuro.

Modo subjuntivo – indica a maneira de como a ação é vista pelo falante (se estudássemos ficaríamos bons) no presente, pretérito imperfeito e futuro.

Modo imperativo – indica ordem, conselho, pedido, súplica (estudem para prova).

 

 

Flexão no tempo.

Tempo no modo indicativo do:

Presente – a ação ocorre no momento da fala (estou assistindo)

Passado – a ação ocorreu antes da fala. O passado se divide em pretérito perfeito, imperfeito e mais-que-perfeito.

No perfeito a ação se concluiu em relação ao momento presente (cheguei tarde…)

No imperfeito a ação vinha acontecendo mas foi interrompida (chegava tarde…).

No mais-que-perfeito a ação ocorreu antes de uma ação já passada “ passado do passado” (José percebeu que João já colocara [ou já havia colocado] a carteira no…).

No futuro a ação ocorrerá depois da fala. São dois:

Futuro do presente: trata-se de um futuro com base no tempo presente (eu viajarei).

Futuro do pretérito: trata-se de um futuro com base no fato passado (eu viajaria se pudesse).

Tempo no modo subjuntivo do:

Presente – indica uma ação hipotética e possível.

Pretérito imperfeito – indica ação hipotética e possível no passado.

Futuro – ação hipotética e possível no futuro.